Página inicial / Infraestrutura

Fazenda Pamplona

Conheça mais sobre esta Fazenda

A Fazenda Pamplona, com sede em Cristalina (Lat. 16°13’42,162″ S e Long. 47°37’34,521″ W), Goiás (GO) possui 21.851 hectares de área total, sendo, 17.994 ha próprios e 3.857 ha arrendados. Sua área plantada na safra 2019/20 foi de 20.034 ha.

Onde estamos

Saiba como chegar à Fazenda Pamplona

Saindo do aeroporto de Brasília (DF) pela rodovia BR-251, após aproximadamente 20 km, há o entroncamento com a DF-130. Após a conversão à direita, siga mais 30 km e converta à esquerda na entrada da Fazenda. A sede encontra-se a 900 metros.

Rodovia GO 436, s/n. Km 60. Zona Rural. Cristalina (GO). CEP 73.850-000



Vista aérea da Fazenda Pamplona


Histórico, projetos e pesquisa

Histórico

A Fazenda Pamplona foi adquirida em 1980 e foi a primeira Fazenda da Empresa no Cerrado brasileiro. A Fazenda iniciou com o plantio de soja, milho e arroz. Nesse período, eram plantados aproximadamente 500 ha de terra. A sua estrutura era formada por um escritório, um armazém, um alojamento e dois barracões de madeira. Hoje, a Fazenda Pamplona possui um sistema de irrigação próprio e planta soja, algodão, milho, trigo, milho semente, soja semente e sorgo.

Projetos Sociais

A Fazenda Pamplona realiza ações sociais tanto na Fazenda como na Comunidade de Marajó, bairro carente de Cristalina (GO). Na Escola Souza Lima, 20 voluntários realizam um projeto de incentivo à leitura e escrita, que atende aproximadamente 600 crianças. Também são realizadas ações sociais na Escola Municipal Argeu Paim Hoffaman que fica a 9 km da Fazenda e é onde estudam os filhos dos colaboradores da Fazenda. Nessa escola, são atendidas 300 crianças do Ensino Fundamental e Médio. Além disso, o GAS realiza ações em asilos, orfanatos e na Casa de Acolhida de Luziânia (GO).

Pesquisa

A área de pesquisa da Fazenda Pamplona ocupa aproximadamente 129 ha, onde são desenvolvidos estudos com as culturas do algodão, soja, milho e trigo, em áreas de sequeiro e irrigadas. Em virtude da Fazenda possuir considerável proporção de suas áreas com cascalho, estão sendo desenvolvidas avaliações sobre a dinâmica de nutrientes nesses solos e avaliação de genótipos de soja e algodão para esse tipo de área. Curvas de resposta a nutrientes em condições irrigadas também vêm sendo realizadas.