Pecuária

Iniciando pela Fazendo Planorte (MT) em 2018, a SLC Agrícola passou a investir no sistema de integração Lavoura-Pecuária (ILP). Essa estratégia de produção integra as práticas de culturas anuais e pecuária em um mesmo espaço, gerando um ambiente mais estável no que tange as características físicas, químicas e biológicas. Além disso, a iniciativa contribui para a sustentabilidade econômica e ambiental das operações, pois permite obter uma espécie de “terceira safra”, ao mesmo tempo que adiciona matéria orgânica ao solo com o plantio de pastagens!

Integração Lavoura-Pecuária

Conheça as Vantagens

Uma das vantagens competitivas do agronegócio brasileiro é a possibilidade de produção de duas safras de grãos (soja e milho ou algodão) na mesma área plantada. Essa técnica amplia a produtividade das áreas agrícolas, gera valor aos produtores e contribui para manter a fertilidade do solo ao longo do ano.

Em 2020, a SLC Agrícola expandiu esse modelo de atuação para trabalhar também com o plantio de pastagem e criação de gado em algumas áreas específicas das fazendas. Esses locais foram selecionados por apresentarem rendimentos inferiores com as culturas de segunda safra, mas alto potencial para o desenvolvimento de gramíneas (braquiária), que servem de alimentação para os bovinos.

Com essa iniciativa, iniciamos um ciclo virtuoso para promover a maximização de utilização dos ativos. Na safra 2021/22, realizamos a integração lavoura-pecuária em uma área total de a 4.712 hectares. Nossa estratégia contempla a atuação somente na segunda fase do ciclo produtivo, chamada de recria – sem a realização da criação e do abate

O Projeto atual contempla as fazendas Planalto (MS), Pantanal (MS), Paiaguas (MT), Perdizes (MT), Pioneira (MT), Palmares (BA), Palmeira (MA), Planeste (MA) e Parnaíba (MA).