Resultados

Últimos resultados trimestrais publicados pela Empresa

Veja um resumo do Release de Resultados do 2T17 (segundo trimestre de 2017) disponibilizado no site da CVM e também um resumo dos últimos resultados trimestrais publicados pela Empresa.

Mais detalhes acesse o site de Relações com Investidores http://www.slcagricola.com.br/ri 


Destaques do período

Financeiros (R$ mil) 1S16 1S17 AH 2T16 2T17 AH
Receita líquida 712.395 932.050 30,8% 291.193 472.929 62,4%
Lucro bruto 1.464 354.428 n.m. (72.209) 169.478 n.m.
  Margem bruta 0,2% 51,2%  51,0 p.p -19,6% 49,4% 69,0 p.p
Resultado operacional (75.165) 285.219 n.m.  (103.629)  137.994 n.m.
  Margem operacional -10,7% 41,2% 51,9 p.p -28,1% 40,2% 68,3p.p
Lucro líquido (77.192)  162.134    n.m.    (74.521) 78.194 n.m.
  Margem líquida -11,0% 23,4% 34,4 p.p -20,2% 22,8% 43,0 p.p
EBITDA ajustado (1) 65.157 197.253 202,7% 16.806 73.781 339,0%
Margem EBITDA ajustado (2)  9,3% 28,5% 19,2 p.p 4,5% 21,5% 17,0 p.p
Dívida líquida ajustada 1.171.064 1.008.985 -13,8% 1.171.064 1.008.985 -13,8%

(1) Excluindo os efeitos dos Ativos Biológicos, pois não representam efeito caixa.
(2) Sobre a receita líquida excluído o efeito do Ativo Biológico.

A alavancagem permaneceu estável no 2T17 frente ao 1T17, em 2,65 vezes na Relação Dívida Líquida/EBITDA, com perspectiva de redução significativa até o final do ano. As perspectivas para a nova safra, que será plantada a partir de setembro, são animadoras, visto que está se consolidando previsão de clima neutro (ausência de El Niño ou La Niña), gerando expectativas de produtividades normais.


Panorama de mercado

Variação do preço das commodities

Os preços do algodão tiveram considerável variação ao longo dos últimos trimestres na ICE futures US. O preço caiu ao menor nível dos últimos 7 anos no início de 2016, voltou a subir acima de 80,0 centavos/libra em maio de 2017, para voltar a cair novamente em junho e julho de 2017. No Brasil, os preços medidos pelo Índice CEPEA/ESALQ apresentaram menos variação. O mercado interno, com menor disponibilidade de produto e também impactado pela variação cambial, teve menor volatilidade.

No Brasil, para a soja a área plantada atingiu 33,8 milhões de hectares na safra 2016/17, segundo a CONAB. O crescimento representa uma variação de 1,9% em relação ao ano anterior. O clima favorável, com chuvas bem distribuídas durante o verão em todas as regiões de produção, permitiu a recuperação das produtividades e da produção brasileira, que, segundo a CONAB, deverá alcançar 113,9 milhões de toneladas.

Os preços do milho no mercado internacional e doméstico tiveram caminhos inversos nos últimos meses. No Brasil o movimento foi de queda de preços devido à recuperação da produção da safra 2016/17 e com preços convergindo para a paridade de exportação. No mercado internacional, a alta dos preços está relacionada à redução de área e clima adverso nos Estados unidos na safra 2017/18.


Desempenho operacional

Safra 2015/16

Soja

Nossa produtividade média obtida foi de 2.580 kg por hectare. Em função das características climáticas apresentadas pelo fenômeno “El Niño”, tivemos um alto volume de chuvas no mês de janeiro/2016 nas Fazendas da região nordeste, o qual prejudicou o desenvolvimento do sistema radicular da cultura, bem como estiagem nos meses de fevereiro, março e abril, que influenciou negativamente o enchimento de grãos da soja.

Algodão

A colheita  iniciou-se em 17/5, sendo que, até 29/7, estávamos com uma área colhida de 66% dos 74.404 hectares. Como a média pluviométrica durante o desenvolvimento da cultura ficou abaixo de nosso histórico e mal distribuída (grande volume de chuvas em janeiro e pouca precipitação em fevereiro, março, abril e maio), principalmente na Bahia, a produtividade foi prejudicada significativamente. Nossa estimativa é atingir 1.250 kg por hectare de produtividade de algodão em pluma.

Milho

A colheita encerrou-se em 20/7. Nossa produtividade obtida foi de 7.774 kg por hectare. Iniciamos a colheita do milho 2ª safra em 1°/6 e já estávamos com colheita em 67% da área de 65.681 hectares cultivados pela Empresa até 29/7. A reduzida quantidade de chuvas em abril e maio limitou o potencial produtivo do milho. Em função disso, nossa estimativa de produtividade foi reduzida para
5.378 kg por hectare.

Conheça nosso site de Relações com os Investidores

A SLC Agrícola é uma Empresa com ações negociadas na Bovespa desde 2007.

No site de Relações com Investidores, você encontra um conteúdo completo que inclui:

– Calendário de eventos onde a equipe de RI da SLC Agrícola estará presente nos próximos meses

– Seção de downloads, com planilhas de dados históricos e um arquivo de documentos já publicados pela Empresa, de release de resultados até fatos relevantes

– Seção de cotações e gráficos

– Detalhes sobre governança corporativa

– Seção “Por que investir na SLC Agrícola?”

Acesse